10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações

Os integrantes dos SEAL, como é conhecido o grupo de operações especiais da Marinha americana, são treinados física e mentalmente de uma maneira tão rígida que aprendem a se manter vivos custe o que custar. Eles se destacam quando o assunto é escapar de situações realmente críticas, e mesmo nós, pessoas comuns, podemos aprender muito com a experiência desse grupo, sobretudo na hora de sobreviver em condições extremas.

O Dicas Bem Simples pesquisou sobre as habilidade dos SEAL e preparou uma lista com 10 dicas para que você saia vivo mesmo estando no pior dos apuros. Todas as nossas recomendações têm base no treinamento dado aos membros desse grupo militar de elite.
1. Se estiver na água com mãos e pés amarrados, use a parte inferior do corpo para dar impulso e voltar à superfície.

Ao chegar à superfície, flexione os joelhos e arqueie as costas para poder respirar. Repita o movimento.

2. Para procurar água limpa, sempre vá ladeira abaixo

Caso fique sem água, saia em busca do precioso líquido caminhando ladeira abaixo, já que é nessa direção que a água flui. Assim, evitará sofrer com desidratação.

3. Ao entrar em pânico, pense positivo e trabalhe para atingir pequenas metas

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Isso evitará que você pense demais na situação, aumentando todas as suas chances de sobreviver ao manter as ideias organizadas.

4. Arqueie as costas quando estiver coberto de barro ou água lamacenta

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Ao se encontrar em uma situação assim, deite e arqueie as costas. Isto é útil para permitir a entrada mais rápida do ar, deixando o oxigênio entrar facilmente nos pulmões.

5. Caso se perca, siga pequenos riachos e demais cursos de água, já que eles tendem a levar a áreas de civilização

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Pequenos riachos costumam desaguar em rios maiores. Estes, por sua vez, têm grandes chances de levar a áreas desenvolvidas, onde você poderá pedir ajuda.

6. Nunca acenda fogo dentro de uma caverna. O correto é fazer isso do lado de fora

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
O calor do fogo faz com que as rochas de expandam, e é por isso que nunca devemos fazer fogueira dentro de cavernas. As pedras poderão se desprender. Caso precise se aquecer, prefira fazer fogo em áreas abertas.

7. Se alguém amarrar suas mãos, use os dentes e puxe o imobilizador em sua direção para se soltar

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Tente esfregar os pulsos juntos, ao mesmo tempo. Mas não exagere no movimento, pois do contrário pode deixar o artefato imobilizador ainda mais apertado.

8. Na hipótese da explosão de uma bomba, deite de barriga para baixo, cubra a cabeça com os dedos, cruze as pernas e mantenha a boca aberta

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Deitar de barriga para baixo, com a cabeça coberta e as pernas cruzadas, permite que você fique mais seguro. É preciso abrir a boca para evitar que pulmões e tímpanos explodam com o impacto.

9. Carregue sempre fósforos em uma caixa de metal ou plástico, e cubra a parte superior com cera

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Fósforos facilitam a tarefa de fazer fogo em qualquer situação. Tenha-os sempre com você, dentro de uma caixa de metal ou de plástico, para evitar que os palitos se molhem. Cobrir a parte superior dos fósforos com cera os deixará impermeáveis. Você pode fazer isso mergulhando a cabeça do palito em cera quente.

10. Em caso de congelamento, aqueça a área com água morna e aplique bandagem e algodão entre todos os dedos afetados

10 Truques das forças especiais dos EUA que podem te ajudar a sobreviver nas piores situações
Caso suas extremidades congelem, é preciso agir o quanto antes. Nunca use água quente, pois isso só piorará as coisas. Aqueça a área com água morna e coloque bandagens em todos os dedos. Em seguida, coloque algodão entre eles para evitar que um encoste no outro. Além disso, nunca esfregue a água afetada.
Você já se viu em alguma situação que poderia ter sido resolvida com uma das dicas mostradas acima? Comente!

Postar um comentário

0 Comentários