Resumo

Crianças estressadas? Muita gente acha que isso é uma bobagem e que as crianças não têm motivos para se estressar. Mas basta olhar a agenda do seu filho para perceber que ele vive ocupado: lição de casa, aula particular, curso de inglês, escolinha de futebol. Atividades prazerosas viraram obrigação. E muitas vezes essa é a única forma que encontramos para compensar a nossa ausência de casa, pensando que uma agenda cheia de atividades elimina a nossa culpa.

O estresse é comum depois dos 6 anos de idade, quando as crianças enfrentam uma situação escolar nova, bem diferente do jardim de infância, de quando não sabiam o que se esperava delas. Sem falar que hoje as crianças vivem em meio a informações e estímulos difíceis de assimilar. Elas se sentem pressionadas a serem perfeitas, a serem as melhores.

Como o estresse infantil se manifesta? Dores de cabeça, dificuldades para dormir, pesadelos, dor no estômago, irritabilidade, choro fácil, alterações de humor, comportamento agressivo, tristeza e dificuldades na escola. Às vezes as crianças podem voltar a se comportar como bebês.

Passos


1

Ensine o seu filho a lidar com os erros. Mostre para ele que todos nós erramos e que aprendemos com os erros. Transmita a ele que você também tem dificuldades e que não espera que ele seja perfeito, mas sim feliz.

2

Respeite as preferências do seu filho e não exija que ele goste de todas as matérias do colégio – nem de todas as atividades fora dele. Pense quais foram os motivos que fizeram com que você escolhesse determinada escola ou atividade.

3

Converse com ele a respeito dos medos e inseguranças.

4

Reforce a autoestima. Transmita que você estará sempre ao lado dele independentemente dos resultados obtidos.

5

Ensine com o exemplo. Se ele observa que você vive estressada e correndo atrás do sucesso, fará a mesma coisa.

6

Respeite o tempo para a criança brincar. Lembre que este é o tempo mais importante e que disso depende a saúde mental do seu filho. É por meio de brincadeiras que se estimulam a fantasia e a criatividade.

7

Passe tempo de qualidade com o seu filho. Conte histórias sobre a sua infância e compartilhe experiências.

8

Aprenda a escutar o seu filho.

9

Ensine o seu filho a aproveitar cada fase da vida. Muitas vezes apressamos os nossos filhos para crescerem, os pressionamos demais para se prepararem, para que possam “ser alguém na vida”. Lembre que cada fase tem o seu tempo e que cada criança também.

Importante

Especialista: Fabiana Monteiro

Postar um comentário:

0 comments: